Cent OS 8 “Fedora LTS” | Review

O CentOS 8 é baseado/clone do Red Hat 8 que por sua vez é baseado no Fedora 28. É um sistema focado no uso enterprise, porém mantido de forma comunitária em com uma relação próxima a RHEL.

Se você espera ver ferramentas de sysadmin, desenvolvimento, servidores em geral…este não é o artigo que pensa, apenas uma review, em minha visão, focado na experiência em uso de desktop comum

Instalador

Usa o Anaconda, assim como o Fedora e RedHat, com algumas opções diferenciadas. Deixei o particionamento automático e em “seleção de software” marquei “Workstation” sem nenhuma “extensão para ambiente” da direita:

Captura de tela de 2019-11-26 21-15-19Captura de tela de 2019-11-26 21-17-17

O usuário e senhas são configurados no momento da instalação:

Captura de tela de 2019-11-26 21-19-42.png

É preciso aceitar o contrato antes de iniciar o sistema:

Captura de tela de 2019-11-26 21-27-36Captura de tela de 2019-11-26 21-27-24

Após concluir a instalação e reiniciar (sem animação de boot nesta VM) o GDM está selecionado Xorg por padrão e outras opções que nunca vi como: Personalizar e User script:

Captura de tela de 2019-11-26 21-29-04.png

Ao logar, aquela configuração inicial básica do GNOME:

Captura de tela de 2019-11-26 21-31-32Captura de tela de 2019-11-26 21-31-37Captura de tela de 2019-11-26 21-31-40Captura de tela de 2019-11-26 21-31-43Captura de tela de 2019-11-26 21-31-48Captura de tela de 2019-11-26 21-31-53

Belo wallpaper padrão:

Captura de tela de 2019-11-26 21-32-27.png

Vem com GNOME 3.28.2

Captura de tela de 2019-11-26 21-34-31.png

Informações de tempo de boot, uso de ram inicial…

Vem com mesa 18.3.1, então se precisar de melhor performance e compatibilidade com AMD e Intel para games, não é recomendável.

Captura de tela de 2019-11-26 21-39-53

Ao abrir a GNOME Software, ouve uma falha com o repositório de extensões, e de firmware via fwupd então desabilitei os mesmos:

Captura de tela de 2019-11-26 21-40-42

Captura de tela de 2019-11-26 21-43-04

Os repositórios padrão do CentOS tem o mínimo de apps para desktop, os que estão disponíveis são poucos, fazendo jus a um sistema enterprise:

Captura de tela de 2019-11-26 21-44-33Captura de tela de 2019-11-26 21-44-37Captura de tela de 2019-11-26 21-44-40Captura de tela de 2019-11-26 21-44-44Captura de tela de 2019-11-26 21-44-48

Fiz uma atualização via GNOME Software, exatamente como no Fedora:

Captura de tela de 2019-11-26 21-55-02

Captura de tela de 2019-11-26 21-55-46

Captura de tela de 2019-11-26 22-12-40Captura de tela de 2019-11-26 22-15-41

Seus apps padrão, são poucos porém bem selecionados, uma seleção até mais enxuta do que foi o Fedora 28 na época:

Captura de tela de 2019-11-26 21-46-42.png

Um detalhe que notei (pelo menos nesta VM) a conexão sempre inicia desativada, tendo que conectar manualmente no GNOME:

Captura de tela de 2019-11-27 16-43-20.png

O RPMFusion possui suporte ao CentOS 8, o que pode ser uma boa ideia caso queira usar driver Nvidia ou algum outro app via rpm. Adicionei via GNOME Software, tal como mostro neste artigo no Fedora:

Captura de tela de 2019-11-26 21-52-57.png

Captura de tela de 2019-11-27 16-46-33Captura de tela de 2019-11-27 16-45-54

Os .rpm’s do RPMFusion não apareceram no GNOME Software, mas você encontra facilmente via terminal, pacotes como ffmpeg (necessário para ter o Firefox funcional com codec’s) drivers Nvidia (390 e a última versão) exatamente como no Fedora:

Captura de tela de 2019-11-27 16-54-31Captura de tela de 2019-11-27 16-52-24

Captura de tela de 2019-11-27 17-24-03.png

Mas se você ainda não está satisfeito com o RPMFusion, ainda pode usar o Flathub/Flatpak. Instalei o pacote sudo dnf install flatpak (está na versão 1.0.6) e adicionei o flathub via GNOME Software (tal como no Fedora).

Captura de tela de 2019-11-27 17-02-35Captura de tela de 2019-11-27 17-02-43

Reiniciei, e notei que a GNOME Software não encontra os flatpak’s ainda, porém creio que depois da atualização no sistema, o repositório appstream foi reconhecido e liberou algum apps, como Inkscape, GIMP, Libreoffice…

Captura de tela de 2019-11-27 17-09-30Captura de tela de 2019-11-27 17-09-16Captura de tela de 2019-11-27 17-08-01Captura de tela de 2019-11-27 17-07-51

Mas como no RPMFusion, ainda é possível instalar flatpak’s via terminal:

Captura de tela de 2019-11-27 17-18-24.png

Captura de tela de 2019-11-27 17-22-01.png

Você ainda pode usar snap’s e appimage’s no CentOS. Ou seja, apps de desktop não faltarão. Você transforma um sistema focado em enterprise em um desktop comum facilmente!

Captura de tela de 2019-11-27 17-33-51.png

 

Achei o Walppaper padrão bonito, mas faltou criatividade para os outros:

Captura de tela de 2019-11-27 17-19-05.png

Concluindo, é de fato um “Fedora LTS”. Vem com kernel/mesa relativamente antigos, e isso não me agrada, pois tem mais chances de não reconhecer algum hardware recente e no caso do mesa, não rodar algum jogo. Mas creio ser o suficiente para muito hardware por aí.

Você não vai encontrar muitas pessoas usando CentOS no desktop, pois o foco maior do projeto é no uso enterprise / servidores.

Tempo de suporte?

Captura de tela de 2019-11-26 21-49-16

De qualquer forma, hoje em dia, é totalmente usável no desktop comum.

 

Correções, atualizações e sugestões mande para fastos2016@gmail.com

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: