Games e Benchmarks no Fedora

Muito se fala em “melhor Linux para jogos” este artigo serve para mostrar um pouco de como é a experiência em jogos da Steam, seu suporte e desempenho no Fedora.

Steam recomenda Ubuntu

obs: antiga imagem do site da Steam

valve recomendadndo ubuntu

Esta imagem do site da Valve mostra que recomendam Ubuntu para aqueles que ainda não usam/conhecem o Linux, ou seja, caso você já use sua distribuição, pode continuar com ela, ou pelo menos, não precisa necessariamente mudar de sistema por conta desta recomendação. Digamos que é o “cartão de visita” da Valve para o Linux no desktop, de forma simplificada.

Porque Ubuntu?

Creio que, por conta de sua popularidade, atenção com novos usuários, ser uma distribuição mais comercial etc…

Suporte cliente Steam para o Fedora

Como vimos, a Valve “recomenda” Ubuntu, não dá “exclusividade” ao sistema. Em sua página developer.valvesoftware.com que é uma comunidade de desenvolvedores da Valve e desenvolvedores de games no geral, podemos ver sua documentação/wiki demonstrando a instalação do Steam em várias distribuições, cada uma em seu respectivo repositório. No Ubuntu indicam o repositório da própria Valve, no Fedora o RPMFusion (como instalar suporte a RPMFusion) e Negativo17, também uma opção “não empacotada” para você compilar em qualquer sistema “Linux based”, além de outros sistemas.

Existe um cliente Steam via Flatpak no Flathub e EndlessOS não documentada na wiki da Valve.

Também podemos verificar em seu github steam-for-linux os requerimentos de software, na qual pede “ultima LTS do Ubuntu, porém ao pesquisar “issues” podemos ver dev’s ajudando resolver problemas em várias distribuições Linux, não apenas Ubuntu 12.04 LTS.

suporte steam github

Mattew Miller (lide do Fedora) e outros desenvolvedores e empregados da RedHat mantém contato com a Valve, corrigindo e aprimorando a compatibilidade com a Steam+wayland+RedHat/Fedora.

O projeto Solus criou uma solução própria para Steam, chama-se linux-steam-integration na qual tenta “forçar” o uso de lib’s do seu sistema atualizado e corrigir típicos problemas de compatibilidade e de motores gráficos como “Unity Engine” entre outras coisas. E é distribuído em formato Snap , também com repositório em .rpm para Fedora e no AUR para ArchLinux.

Cliente Steam para Fedora não é problema, mas e o suporte das desenvolvedoras de jogos?

Pessoalmente tive a experiência de contatar via suporte a Feral Interactive para corrigir um possível problema de conexão no Rocket League, estava esperando uma resposta do tipo:

“não damos suporte ao sistema Fedora, procure usar Ubuntu recomendado pela Valve etc…”

mas a resposta foi:

“damos suporte oficial apenas ao SteamOS, porém se puder nos mandar relatórios mais detalhados do bug podemos ajudar a resolver…”

Então pensei “WTF”. E assim prossegui o suporte mandando relatórios e sendo atendido com muita atenção, até constatar que o problema era minha operadora (DNS).

Captura de tela_2018-09-23_15-30-06
Ubuntu 17.10 WTF?

feral não da suporte a este sistema

Estas imagens são tipo de coisas que você vai ver na Steam, recomendando Ubuntu não LTS e lançador dos jogos da Feral Interactive, te avisando que a distribuição Linux não atende os requisitos e provavelmente terá problemas de estabilidade e desempenho!(basta clicar em “não mostrar esta mensagem novamente”).

Este é meu canal de Benchmarks de jogos no Linux (Atualmente usando Fedora). Também tenho mais de 500 horas jogadas de Rocket League no Fedora, assim como muitas horas em outros games portados/ou não pela Feral Interactive.

Também o canal Lan House Linux (Greyson do AcreLinux ) que é mais um gamer de longa data usando Fedora para sua jogatina!

Para não dizer que tive 100% de sucesso jogando no Fedora, em todos estes anos apenas 1 game não rodou de primeira por não ser Ubuntu/SteamOS based, justamente o game que mais joguei, Rocket League. É necessário este comando para o jogo se conectar nos servidores (caso você use o Steam via RPMFusion, a versão via flatpak não necessita disso):

sudo ln -s /etc/ssl/certs/ca-bundle.crt /etc/ssl/certs/ca-certificates.crt

Depois disso, a não ser que você formate a raiz do sistema, não precisará fazer mais nada para jogá-lo. Mas se usar o Steam via Flatpak não terá este problema.

 

O Fedora Workstation desde a versão 24 usa Wayland por padrão, atualmente apenas drivers de video open source rodam com Wayland, veja alguns teste de games com uma placa AMD RX 580 8gb, rodando games no GNOME Wayland default do Fedora 30:

obs: Uma dica que dou é: use um sistema de arquivos nativo no Linux!
Algumas pessoas tentam reutilizar suas partições/HD externos com NTFS e seus jogos, para rodar no Linux. A Valve recomenda “EXT4” pode-se usar outros, mas não existe muito debug de jogos usando outros sistemas de arquivos. O que se sabe é que as vezes o NTFS-3G(driver de compatibilidade com NTFS no Linux) falha, as vezes se consegue rodar games tranquilamente.

Concluindo, apesar de ser raro, pode acontecer de algum game ser lançado para Ubuntu/SteamOS e não rodar sem ter que fazer algum “tweak” para jogá-lo. No final das contas o importante é ter drivers atualizados (principalmente Nvidia) e seu cliente Steam devidamente instalado. Sendo assim, é totalmente possível usar Fedora para jogar, ainda mais agora com a versão flatpak disponível no flathub para praticamente todas distribuições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: