GNOME Shell 40 – Overview

O Fedora proporciona uma das melhores experiências com o GNOME assim como possibilidade de usar/testar versões em desenvolvimento desta DE.

Com o Silverblue este teste é facilitado mais ainda, pois usa Ostree (assim como o GNOME OS).

Estou testando atualmente com GNOME 40 beta2 no Fedora 34 testing e creio já estar tomando forma para sua versão final. Vou mostrar aqui um pouco das novidades mais visíveis e claro minha opinião sobre, até agora.

Começando no login!

Agora a cor de fundo do GDM é igual ao do fundo do Shell, um pouco mais “dark’ do que antes:

Ao iniciar, o usuário já tem a visão em “atividades” o que facilita o acesso aos app’s favoritos + botão app grid, pesquisa e áreas de trabalho virtuais.

Ao abrir alguns app’s, agora o overview mostra o ícone do programa aberto (anteriormente função apenas via extensão)

Você pode arrastar janelas para área de trabalho ao lado, para o minimapa, do grid para a área desejada etc…

O “mini mapa” aparece apos criar a 3º área de trabalho virtual

Como a interface incentiva a organização com áreas de trabalho virtuais, alternar entre elas é possível de muitas maneiras, via teclado, via mouse, via combinação de mouse + teclado etc..

Assim como apenas o mouse:

Foi aprimorado gestos com touch screen/pad porém não tenho como testar aqui.

O app grid também recebeu novas funções:

As animações e fluidez estão muito boa em minha máquina, não vejo tearing nem engasgos. Para mim a transição do GNOME 3 para o 40 foi tranquila e muito menos dramática como alguns falavam que iria ser.

Obviamente existe pontos a melhorar, e já estão sendo discutidas como o tamanho do mini mapa:

A usabilidade do GNOME 3 no seu modo vertical não é ruim, mas toda a horizontalidade e outros pequenos detalhes como iniciar no “modo atividades” do G40, não parece mudar tanto para quem já estava acostumado e aumenta a familiaridade e intuitividade para quem está conhecendo pela primeira vez.

As áreas de trabalho virtuais estão menos escondidas, o uso do mouse é bom o bastante, porém de acordo que a complexidade do workflow de um usuário aumenta, também aumenta a necessidade de usar o auxilio do teclado e atalhos, no caso de uso em desktop tradicional (mouse e teclado).

Creio que o GNOME Shell faz isso muito bem e pode melhorar com uma futura funcionalidade de quad tiling?

Realmente não tenho muita experiência com telas touch, mas creio que seu suporte está aprimorado nesta versão.

Por enquando é só isso, aguarde o lançamento do GNOME + o tempo que sua distribuição irá levar para lançar este update aos seus usuários (alguns irão esperar mais que outros).

GNOME 40 que está previsto para 24/03/2021

Fedora pretende lançar a versão 34 aproximadamente em 27/04/2021 com o GNOME 40, mas você já pode experimentar fazendo upgrade ou baixando a iso e testando.

Ubuntu talvez para a versão 21.10 (outubro de 2021)

Arch Linux provavelmente o mais rápido possível após o lançamento do GNOME 40 que está previsto para 24/03/2021.

Se deseja me dar sugestões, mande para fastos2016@gmail.com ou nas redes sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: