OpenSUSE 15.2 BETA | Overview

Atualmente estou mais interessado no MicroOS Desktop que é basicamente uma versão do Tumbleweed, mas a versão Leap é muito popular por se basear na versão Enterprise do SUSE.

Para os amantes de sistemas que demoram anos para receber grandes updates/melhorias/mudanças, hoje vou testar o Leap 15.2 BETA.

Se você gosta de usar sistemas tipo “enterprise” e quer experimentar algo fora da família Ubuntu, Debian, RedHat. O OpenSUSE Leap é uma opção interessante também para o desktop.

O openSUSE Leap é de lançamento regular, que possui o seguinte ciclo estimado de lançamento:

É esperado um lançamento menor (15.1, 15.2…) aproximadamente a cada 12 meses, alinhado com o SUSE Linux Enterprise Service Packs.
Espera-se uma versão principal após aproximadamente 36 a 48 meses, alinhada com as versões corporativas do SUSE Linux.

O processo de update pode ser feito sem a necessidade de “instalação limpa” ou formatação, pode-se atualizar com uma nova mídia ou editando os repositórios para a versão mais recente (método mais avançado porém fácil).

Estou testando em uma VM via GNOME Boxes em meu notebook i3 3gen 6GB RAM com SSD 240GB.

A VM tem 2 cores de CPU, 2GB RAM e HD de 21.5GB

Fiz a Instalação padrão, escolhendo o KDE Plasma:

Captura de tela de 2020-03-24 19-59-02Captura de tela de 2020-03-24 19-51-50

Captura de tela de 2020-03-24 20-23-55

Inicialmente tive uma notificação de atualizações, que apesar de alguns pacotes requererem reinício do sistema, o KDE não avisa que é preciso, então reiniciei mesmo assim…

Captura de tela de 2020-03-24 20-19-44Captura de tela de 2020-03-24 20-19-56Captura de tela de 2020-03-24 20-20-08Captura de tela de 2020-03-24 20-20-29

Iniciou em 14s, o que considero rápido se tratando de uma VM + SSD. E inicia usando 426MB RAM.

Captura de tela de 2020-03-24 20-22-16Captura de tela de 2020-03-24 20-23-36

O sistema trás o YaST para configuração do sistema (que inclui instalação de pacotes) e também o Discover para instalação de pacotes/app’s (e outras coisas):

Captura de tela de 2020-03-24 20-24-22

Em Configurações, vejo que já vem com Flatpak instalado e com opção fácil de adicionar o Flathub e/ou algum outro repo flatpak:

Captura de tela de 2020-03-24 20-25-18

Adicionei o Flathub em “Adicionar Flathub”Captura de tela de 2020-03-24 20-25-28

Captura de tela de 2020-03-24 20-25-57
bug gráfico no momento de por a senha

Captura de tela de 2020-03-24 20-26-07

Também adicionei o Flathub-beta (https://flathub.org/beta-repo/flathub-beta.flatpakrepo)Captura de tela de 2020-03-24 20-27-04Captura de tela de 2020-03-24 20-27-23Captura de tela de 2020-03-24 20-27-38

Então testei instalando o Firefox (atualmente no repo beta do Flathub)Captura de tela de 2020-03-24 20-28-21

Clicando em “Tarefas” ele mostra um pouco sobre o processo de instalação:Captura de tela de 2020-03-24 20-28-31Captura de tela de 2020-03-24 20-33-32

Firefox via Flathub instalado (já com codec’s para LiveStream, vídeos, Netflix)Captura de tela de 2020-03-24 20-34-25

Firefox default do OpenSUSE, versão ESR e sem principais codec’s (É totalmente possível usar o Firefox padrão adicionando codec’s do repo Packman, instalando as lib’s necessárias).Captura de tela de 2020-03-24 20-35-24

Continuando no Discover, oferece opção de escolher a fonte do app, caso exista em mais de 1 repo adicionado:

Captura de tela de 2020-03-24 20-54-59

Captura de tela de 2020-03-24 21-02-17

Instalei o Firefox e Kdenlive via flatpak, pediu a senha umas 2 vezes, mas ocorreu sem problemas, ao contrário de algumas versões anteriores do Discover.

Uma experiência quase out of the box com Flathub no Leap 15.2.

Tela de Login:

O Leap trás várias opções de sessão (desnecessário?) mas com KDE Plasma. A mais estável no momento é apenas “Plasma” que usa X11 (a padrão):

Captura de tela de 2020-03-24 20-52-42

Animação de login no Plasma:

Captura de tela de 2020-03-24 20-54-19

Mais de 2k de pacotes por padrão na versão KDE Plasma (os flatpak’s foram instalados depois)

Captura de tela de 2020-03-25 17-51-35

Trás o Mesa 19.2.6:

Captura de tela de 2020-03-25 18-58-29

O Leap trás o VLC Player, que roda tudo certo? Não, se não tiver todos codec’s instalados, como o h264, que assim como não pode vir padrão com Firefox (como em outras distribuições) também não vem com o VLC (novamente, é totalmente possível usar o VLC padrão adicionando codec’s do repo Packman, instalando as lib’s necessárias)

VLC padrão do OpenSUSE Leap:

Captura de tela de 2020-03-25 17-57-40

Então já que adicionei o Flathub:

Captura de tela de 2020-03-25 18-02-40Captura de tela de 2020-03-25 18-04-44

Agora, se você quiser, pode adicionar o Packman (repositório de .rpm’s para o OpenSUSE) e instalar os codec’s tudo via rpm.

Para adicionar o Packman (como mostro neste artigo) via YaST ou no terminal:

sudo zypper ar -cfp 90 http://ftp.gwdg.de/pub/linux/misc/packman/suse/openSUSE_Leap_15.2/ packman
sudo zypper dup --from packman --allow-vendor-change

Então “aceitar” uma série de confirmações do zypper.

Após isto basta conferir no Firefox e VLC default do sistema e também não deve ter problemas nos próximos .rpm’s que instalar, como Kdenlive também

VLC .rpm

Captura de tela de 2020-03-25 18-14-59

Firefox .rpmCaptura de tela de 2020-03-25 18-15-58

Kdenlive .rpm

Captura de tela de 2020-03-25 18-23-06

Sobre o KDE Plasma 5.18.3 (LTS) vem quase sem modificação com o tema “openSUSE”

Captura de tela de 2020-03-25 18-26-03

Vira e mexe encontro algum bug com o KDE Plasma em qualquer distro, com o Leap não está sendo diferente:

Captura de tela de 2020-03-25 18-28-29

O “contas online” funcionou para a adição da conta Google, porém não se integrou automáticamente com Dolphin, Kontact e Kmail, percebo que é uma questão frequente em outras distribuições também.

Captura de tela de 2020-03-25 18-34-20

O Leap com KDE faz uma mistura de servicos KDE + próprios do OpenSUSE, no caso, o YaST é um segundo “settings” para o sistema além do próprio do KDE.

Captura de tela de 2020-03-25 18-56-30Captura de tela de 2020-03-25 18-56-41

Resumindo, é um sistema com muita cara de “enterprise/LTS” porém com o suporte a flatpak padrão e seu repositórios da comunidade (Packman) tornam o uso relativamente fácil para “usuários comuns” de desktop.

Se deseja me dar sugestões, mande para fastos2016@gmail.com ou nas redes sociais.

Um comentário em “OpenSUSE 15.2 BETA | Overview

Adicione o seu

Deixe uma resposta para LEONE ALVARENGA MACHADO Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: