Ubuntu 18.04.3 | Review

Olá hoje vou testar o Ubuntu 18.04.3!

Na Review que fiz no lançamento da LTS, não tive a melhor experiência, com direito até a tela rosa da morte, tentei a versão 19.04 mas tive problemas com o sistema não subindo após algumas instalações (por isto não fiz review). No 19.10 tive uma experiência out of the box, já com uma gpu amd.

Resolvi retestar (máquina real) o Ubuntu LTS agora com a versão 18.04.3 (teoricamente deve estar mais polido e estável agora) e com gpu AMD.

HW:

i7 4790k

16GB Ram

RX 580

HD 5200 rpm (de notebook)

Monitor 1º=2560×1080, 2º=1360×768

Começando pela instalação, que foi feita no modo completo, marquei para atualizar e instalar codec’s proprietários na instalação. O processo foi rápido, menos de 30min.

O boot ainda continua com a animação quebrada e no login com opção Xorg default, existe a opção com GNOME Wayland, mas não recomendo no Ubuntu 18, por conta de não receber atualizações de melhorias da versão mais recente e muitos snap’s também não serem preparados para rodar no Wayland.

Ao iniciar na primeira vez você tem um guia básico:

Captura de tela de 2020-01-14 19-33-35.png

Porém fui interrompido por um aviso de atualização, na qual pensei que não teria pois marquei para o sistema atualizar enquanto instalava.

Captura de tela de 2020-01-14 19-34-09.png

Fiz o update, que levou cerca de 8 min e reiniciei, como sugerido.

Captura de tela de 2020-01-14 19-34-51

Entao após reiniciar, continuando no guia inicial, a segunda tela é de configuração do livepach, na qual é exigido um cadastro de e-mail:

Captura de tela de 2020-01-14 19-36-05.png

Depois a confirmação de enviar relatórios para a Canonical:

Captura de tela de 2020-01-14 19-36-43

E a apresentação de apps via Ubuntu software / snapcraft:

Captura de tela de 2020-01-14 19-38-36.png

Sobre informações de tempo de boot, levou 59s (nada mal para um HD de 5200 rpm) usando 1gb de Ram inicial, também normal para um sistema moderno.

Traz kernel e mesa relativamente atualizados, eu diria suficientes para quase ou todos hardwares/jogos atuais. Nos repositórios o driver Nvidia mais recente é o 435.

Captura de tela de 2020-01-14 19-40-50

Sobre a seleção de programas por padrão, achei ok, creio que poderia darem uma selecionada, talvez tirar os jogos ou outros como Transmission? Para deixar tudo em apenas 1 pagina de app’s. Mas como esta é a instalação padrão e possui a opção “minimal”, faz sentido ter mais programas default.

Captura de tela de 2020-01-15 18-07-49Captura de tela de 2020-01-15 18-07-38

Para o meu pós install, fui a “Software Ubuntu”. Instalei o OBS Studio via snap (funciona com VAAPI) e Steam (pacote dos seus repositórios). A loja não conseguiu executar, mas foi normalmente via atalho no menu.

Captura de tela de 2020-01-14 16-46-30Captura de tela de 2020-01-14 16-46-45

Captura de tela de 2020-01-14 16-50-24.png

Note na print, que a extensão desktop icons se atrapalha no enquadramento dos icones quando em dois monitores de resoluções diferentes e o wallpaper padrão parece não se escalar corretamente no monitor ultrawide.

Nos games, tentei primeiramente com o Rise of the Tomb Raider, infelizmente o Ubuntu 18.04 não traz as libs mesa para vulkan por padrão. O que pode ser facilmente instalado com 1 comando (para usuários mais experientes que conhecem o sistema etc) mas para novatos, pode ser apenas frustrante. Claro, que isso em caso de Intel/AMD users, pois Nvidia users já estão acostumados a instalar o driver proprietário (que incluem as libs vulkan) via gerenciador de driver.

Captura de tela de 2020-01-14 19-48-26.png

Jogos que usam proton/dxvk também não irão funcionar. Apenas os que usam OpenGL.

Captura de tela de 2020-01-14 19-49-19.png
Doom 2016 erro

Estes pacotes vem inclusos na versão mais recente do Ubuntu e espero que seja assim na próxima LTS, a 20.04.

A Software Ubuntu ainda não gerencia atualizações, mas sim o atualizador de programas.

Captura de tela de 2020-01-14 19-51-31.png

O fato da loja ter uma gama muito grande de opções de app’s por default, é obviamente boa para usuários, mas se feito de uma forma não organizada, pode confundir, criar mais dúvidas e simplesmente passar uma impressão de desorganização e descuido. Creio que a central de app’s é a primeira coisa que o iniciante deverá usar, será sua “fonte principal de programas”.

Captura de tela de 2020-01-14 19-51-04Captura de tela de 2020-01-14 19-51-15Captura de tela de 2020-01-14 19-51-22

Como ainda está com o GNOME 3.28.2 e provavelmente não recebeu todas as melhorias da versão atual, verifiquei se o gnome-shell estava usando muita memória RAM, pois muitos reclamam do desempenho e lag desta versão.

Porém depois de horas de uso e muitos programas abertos, intencionalmente usando as animações do menu, o processo gnome-shell pareceu ficar sempre em torno dos 380 MB. O sistema todo usando total de 2.8GB de ram.

Captura de tela de 2020-01-14 20-00-13Captura de tela de 2020-01-14 20-00-47

Tentei verificar o uso de vram, mas radeontop acusa de “kernel provavelmente muito antigo”.

Captura de tela de 2020-01-14 20-02-13.png

Honestamente não notei lag nas animações, nem tearing nas janelas e vídeos no Firefox. Creio que a maior parte das reclamações de desempenho, se dá por donos de hardware muito antigos/fracos.

Por experiência, recomendo 6GB de Ram, CPU de 2/4 cores, GPU Intel HD graphics 4000+ (ou que suporte OpenGL 4.3+) e HD 7200rpm ou SSD.

A extensão de icones de notificação funciona muito bem e no caso do Telegram, temos notificações duplicadas/diferentes também na dock do Ubuntu (outra extensão).

Já a de ícones no desktop, acaba atrapalhando se aumentar o tamanho das miniaturas do Nautilus, pois aumentará seus ícones no desktop, problema antigo que a Canonical parece manter. Sendo que no GNOME originalmente já foi descontinuado a muito tempo.

Captura de tela de 2020-01-15 17-41-53Captura de tela de 2020-01-15 17-41-41

Sobre os Snap’s, creio que por mais que tenha problemas a se resolver (e haters) a verdade é que trouxe mais facilidade e opções de programas por default, também entra no plano de corte de gastos da empresa, exemplo do Chromium, que já está sendo usado apenas via snap no Ubuntu, com uma só build compatível com todas versões do mesmo. Além de poder ser usado em dispositivos IoT.

Todavia, pessoalmente acho que precisa de mais “curadoria” para app’s que entram na loja, otimizações na inicialização também. Talvez em maquinas com SSD nem se perceba, mas em um HD mecânico já se sente. Serviços de montagem loop e snapd demoram alguns segundos:

Captura de tela de 2020-01-15 17-40-57

Concluindo, creio que a versão mais recente do Ubuntu (atualmente a 19.10) seja uma melhor opção para a maioria dos iniciantes de uso casual, gamers etc. O update de versão já não é mais problemático como já foi, e o uso dos snap’s deixam o sistema mais “limpo” e com cada vez menos uso de ppa’s (o que ainda complica em updates de versões). Mesmo assim, creio que esta LTS ainda pode suprir a necessidade de muito usuário novato.

Creio que seja uma ótima opção para usuários e de perfis dependentes de um sistema enterprise, exemplo do AMD GPU PRO, que é um driver proprietário da AMD focado em sistemas enterprise e tecnologias de render profissional. É apenas 1 exemplo, tenho certeza que existe muitos outros casos de uso que pedem um sistema de longo suporte.

Para o usuário já experiente, creio que apenas acrescenta alguns passos que para um iniciante seria desnecessário, como adicionar ppa’s para algum driver/pacote, instalação de alguma lib específica (como as libs do mesa-vulkan necessário para AMD /Intel)

Testando esta versão, vejo alguns pontos que gostaria de ver na próxima LTS (20.04) como:

  • adição de libs do Vulkan
  • mais coesão/integração com os programas nativos do GNOME
  • melhor organização dos app’s na loja
  • melhor filtro dos snap’s que aparecerão ou entrarão na snapcraft
  • correção do tamanho dos icones de desktop quando modificados no Nautilus
  • otimização na inicialização dos snap’s e serviços no systemd

Eu fico por aqui, obrigado e até a próxima!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: